sábado, 2 de agosto de 2014

SOBRE IMPORTÂNCIAS

 

SOBRE IMPORTÂNCIAS

Uma rã se achava importante

Porque o rio passava nas suas margens.

O rio não teria grande importância para a rã

Porque era o rio que estava ao pé dela.

Pois Pois.

Para um artista aquele ramo de luz sobre uma lata

desterrada no canto de uma rua, talvez para um

fotógrafo, aquele pingo de sol na lata seja mais

importante do que o esplendor do sol nos oceanos.

Pois Pois.

Em Roma, o que mais me chamou atenção foi um

prédio que ficava em frente das pombas.

O prédio era de estilo bizantino do século IX.

Colosso!

Mas eu achei as pombas mais importantes do que o

prédio.

Agora, hoje, eu vi um sabiá pousando na Cordilheira

dos Andes.

Achei o sabiá mais importante do que a Cordilheira

dos Andes.

O pessoal falou: seu olhar é distorcido.

Eu, por certo, não saberei medir a importância das

coisas: alguém sabe?

Eu só queria construir nadeiras para botar nas

minhas palavras.

(Manoel de Barros Barros, Poesia Completa Leya , p.407).

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Questões Morais

Mesmo que a subjetividade da questão moral seja uma desculpa para justificar os fins, a raiz dessa questão é muito clara.

"De um modo geral, os homens passam a achar melhor ser chamados de canalhas astuciosos que tolos honestos, envergonhando-se no segundo caso e orgulhando-se no primeiro. A causa de todos esses males era a ânsia de chegar ao poder por cupidez e ambição (...)"
                                                                                            Tulcídides, 460 AC. - 400 AC.
                                                                 em história da guerra do Peloponezo, III-82 - 4

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Particípio Passado

Particípio Passado

Rodolfo Pamplona Filho
Antes de querer, eu fui querido...
Antes de amar, fui amado..
Eu sou o responsável
só pelo que vivo
ou pelo que eu fiz,
mas muito mais foi feito
antes de mim
e eu não tenho nada com isso...
A fruta nunca é
responsável pela árvore,
mas é ela que continua
a sua obra...
Talvez haja apenas
três pilares da vida:
afeto, limite e palavra
Ou seja.
amor, lei e comunicação...
E, com isso, vai-se vivendo,
pois quem está parado
não está no mundo dos vivos!


Salvador, 07 de agosto de 2013.

quarta-feira, 30 de julho de 2014

SER GAUCHE NA VIDA

SER GAUCHE NA VIDA


Direito é a voz do povo e o silêncio dos inocentes.
É a voz de Deus, na boca muda do homem... lobo do homem.
Direito é o limite ao poder, é o poder do limite. Contrapoder.
Direito não é força, é potência.
Direito é o avesso.
                                     (isso não é um poema)Pepe Chaves

terça-feira, 29 de julho de 2014

Serendipity

Serendipity

Rodolfo Pamplona Filho
A sintonia que permite
fazer o que se espera,
sem que se saiba que se quer,
simplesmente por ser quem se é...


Salvador, 03 de agosto de 2013.

segunda-feira, 28 de julho de 2014

ARTIGO 428 DA CLT

ARTIGO 428 DA CLT

Contrato de aprendizagem nobre empregado
É o contrato de trabalho especial
Ajustado por escrito com dia tal
E por prazo determinado

Em que o empregador
Se compromete a assegurar
Ao maior de 14 e menor de 24 anos, bom frisar
Inscrito em programa de aprendizagem, segundo o legislador

Técnico-profissional, dispõe a Consolidação
Metódica, compatível com o seu desenvolvimento físico
Moral e psicológico
E o aprendiz, a executar, com zelo e diligência as tarefas necessárias a essa formação.

JORGE DA ROSA


domingo, 27 de julho de 2014

ANGÚSTIA HEIDEGGERIANA

ANGÚSTIA HEIDEGGERIANA
é  (o) ser  jogado no mundo
sozinho
no abismo entre o que ainda não é [mas que será]
e o que não é mais [porque já passou]
é nele que nos movemos.


João Luiz, 13.12.13.