terça-feira, 1 de março de 2011

Sob as folhas do outono de Nova York

Sob as folhas do outono de Nova York

Rodolfo Pamplona Filho
Quero te fazer provar novos sabores e esperança,
vou te mostrar tudo que puder,
como quem ensina uma criança
que a vida é boa no que der.

Quero perpetuar esse relacionamento,
que não sucumbe a desejos cômodos,
foge a qualquer regulamento
e clama por vários encontros.

E que, no fim, tudo seja harmonia,
podendo olhar para trás, ligeiro,
e ver quão linda poesia
construímos para o mundo inteiro

e, quem sabe, terminar nossos dias
de uma maneira nada uniforme:
juntos, sorrindo e a caminhar por vias,
sob as folhas do outono de Nova York...
Salvador, 15 de novembro de 2010.

20 comentários:

  1. O poema ficou tão lindo quanto a sua escolha da foto, boa escolha, está perfeita para ilustrar esse magnífico poema! bju gde!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Amanda!
    E' que minha fornecedora de imagens para o blog e' muito competente, rs...
    Espero que ela continue me ajudando, mesmo na Suica...
    Beijocas saudosas,
    RPF

    ResponderExcluir
  3. Estimados leitores

    Informo que este é o primeiro texto do blog que ultrapassa 1000 visualizações...
    Fico feliz de que seja um poema com tantos fãs...
    Abraços a todos,
    RPF

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelo poema. Me aqueceu nesse Outono gélido!

    ResponderExcluir
  5. UlÁLÁ...MIL VISUALIZACOES? CARAMBOLAS!!!PARABENS! ESSE TEXTO É SUPER MSMO,SO POR FALAR DE OUTONO E AINDA NA EUROPA, ESSE TEXTO JÁ TEM UM GLAMOUR TODO ESPECIAL!!! MERECE CADA SEGUNDO DA ATENCAO DOS LEITORES QUE TEM ATRAIDO. ESTE POEMA É UM DOS MEUS PREFERIDOS!!!

    ResponderExcluir
  6. Ele continua sendo o texto mais visualizado no blog, tendo, neste exato momento (01/07/2011), 1536 visualizações...
    Bjs,
    RPF

    ResponderExcluir
  7. Lindíssimo poema!!!
    Ila Nunes

    ResponderExcluir
  8. Prezados

    Este é, disparadamente, o texto mais acessado do blog, tendo acabado de ultrapassar a marca de 2.000 visualizaçōes!
    Fico feliz com isso!
    Beijos,

    RPF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezados

      Alguém gosta muito mesmo deste texto...
      Ele acaba de ultrapassar 3.000 visualizacoes...
      E o segundo colocado no blog nem chegou ainda a 2.000...
      Abracos a todos,

      RPF

      Excluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Prof. Essa poesia que fiz vale como um presente para o senhor que, mesmo nas dificuldades dos tempos modernos, ganha tempo criando palavras divinas (Poesias). Fica ai para o senhor:

    O CAMINHO DA POESIA

    Naquele dia caminhei por um caminho misterioso dotado de magia
    As árvores eram de um verde profundo, que mais iludia os viajantes, que o próprio fim do mundo
    A água caía das cascatas como a seiva que desse suave da árvore plantada
    Um lugar fascinante que nem o tempo, nem o homem jamais eternizaram em canções
    Fonte de luz, que trazia paz a cada cobertura daquele lugar perdido de amor
    Um cheiro suave de amanhecer, com um leve sabor de fruta mordida pelos lábios do viver

    Bem no meio um lago
    Lago completo de saudades, paz, vida e amor
    Nesse lugar também havia pessoas
    Pessoas mortais! Pessoas magníficas
    Que seguraram o mundo com a mão, enquanto discorriam sobre questões
    Questões do Olímpio, dúvidas simples e confusas, sem sentido, mais concebidas para que os homens vivessem suas vidas

    Neste eterno paraíso
    Com vários caminhos, e ao mesmo tempo perdido
    Muitos vivem o querer, e muitos deixam de viver
    Assim é esse lugar cheio do cantar de anjos
    Que resplandecem como antes, nos corações dos que nasceram com a vida eterna
    Vivendo cada dia como se o ultimo beijo lhe fosse arrancado pelas garras do ardor.
    Agarrando a harmonia por sua pele
    Observando sentimento, emoção, tudo pelo critério de ter um simples e nobre coração. (Randerson Freire)

    Obs.: É bem simples, mas feita com alegria.

    ResponderExcluir
  11. Prezado Randerson Freire

    Linda poesia!
    Se vc quiser, escolha uma imagem legal e mande, junto com o texto do poema, para rpamplonafilho@uol.com.br que eu incluirei na pauta aqui do blog.
    Acho legal acompanharmos um blog e, de repente, encontrarmos um texto nosso ou uma referência a ele nele.
    Fica como minha homenagem!
    Abraços,

    RPF

    ResponderExcluir
  12. Aiiii que LINDOOOOOO!!!!! eu particularmente AMO o outono, acho uma estação tao romântica, as pessoas ficam mais lindas, não Calor, nem frio e as manhãs tem um friozinho leve encantador! imagina , "quem sabe, terminar nossos dias de uma maneira nada uniforme: juntos, sorrindo e a caminhar por vias, sob as folhas do outono de Nova York..." é pra Suspirar Rafael :)) (vou publicar no meu Blog Tá) rsrs!!

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cláudia!
      Este poema é um dos mais lidos aqui do blog!
      Devo ter acertado a mão mesmo...
      Quando publicar no seu blog, avise, viu?
      Beijos,

      RPF

      P.s.: Meu nome é Rodolfo, não Rafael, rs...

      Excluir
    2. rsrs!! Desculpa pelo Rafael, eu até vi, mais depois que ja tinha publicado, rs!! Distraída devia ser meu sobrenome :))

      Publiquei ontem mesmo
      http://claudiacezar.blogspot.com.br/2013/04/sob-as-folhas-do-outono-de-nova-york.html

      Beijos

      Excluir
    3. Oi, Claudia Cezar!

      Sem problemas quanto ao Rafael... Acontece!
      Seja sempre bem-vinda ao nosso Blog!
      E fiquei muito feliz e honrado pela nova citação no seu blog!
      Apareça sempre!
      Beijos,

      RPF

      Excluir
  13. Bom dia, flor!Estou aqui da Suica em pleno e maravilhoso Outono lendo este poema que nos transmite sensacoes de dias felizes ao lado de quem se quer. Sou mais uma degustando da assiette dos teus sonhos, emocoes. Bjo amado !Continue florindo nossos dias nossas vidas. Vc é um jardim inteiro de flores amarelas. Seu calor humano nos aquece o coracao feito a luz do sol! Gire, gire, gire, va sempre em direcao do sol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo seu carinho, amada Amanda!
      Giremos juntos!
      Beijos,
      RPF

      Excluir