sábado, 11 de dezembro de 2010

Prece de um Coração Solitário

Prece de um Coração Solitário

Rodolfo Pamplona Filho

Oh, Deus, Destinatário
do meu louvor,
guarda o meu amor,
que está longe do meu olhar,
mas dentro do meu coração.

Oh, Deus, Senhor
de todo sentimento,
faça que, neste momento,
de saudade infinita,
eu sinta a sua presença
acalentando esta ausência
que gera tanta angústia...

Oh, Deus, Soberano
de toda a vida,
protege o meu amado
por onde quer que esteja
e traga-o de volta em dois passos
para descansar em meu colo
e se entregar aos meus braços.

Amém!

San Francisco, 30 de setembro de 2010.

4 comentários:

  1. Prezada Leila
    Fico feliz que tenha gostado...
    Bjs,
    RPF

    ResponderExcluir
  2. Esse poema acalenta os corações que sentem saudade, poeta. Muito belo..
    Bjs,
    Beatriz A.M.

    ResponderExcluir
  3. Querida Beatriz
    Eu também adoro este poema...
    Bjs,
    RPF

    ResponderExcluir