terça-feira, 10 de abril de 2012

Soneto do Amor na Maturidade

Soneto do Amor na Maturidade

Rodolfo Pamplona Filho

Sorte da pessoa,
que encontra, na boa,
a incrível oportunidade
de um amor na maturidade.

Não é qualquer ser
que pode se orgulhar
de finalmente conhecer
a alegria no compartilhar

sonhos, a mesa,
a cama e o afeto!
É mais do que certo:

é a linda certeza
de que, em qualquer idade,
se encontra a felicidade.

Salvador, 14 de agosto de 2011.

6 comentários:

  1. Esse é o sonho de todos nós..
    Não sei se pela minha tenra idade, mas ando um tanto quanto desiludida com esse amor que me parece tão irreal!!!
    Feliz daquele que pode compartilhar de um amor maduro!
    Beijos, Pamplis!!
    Renata Alcântara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renata!
      Nunca é cedo, nunca é tarde, para se encontrar o amor!
      Beijos saudosos,
      RPF

      Excluir
  2. Viviane Sant´Ana11 de abril de 2012 06:48

    ‎"Em qualquer idade, se encontra a felicidade" e a maturidade... Linda poesia, professor! Acho que ainda tenho tempo...hahahaha Obrigada! Bjs
    Viviane Sant´Ana

    ResponderExcluir
  3. Não existe tempo para ser feliz! Não existe idade para compartilhar e amar... O tempo é amigo e não inimigo, pois cada idade tem sua beleza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Priscylla Mariz

      Não tenha a menor dúvida disso!
      É exatamente o que eu acho...
      E mais ainda se o amor surge ou se mantém na maturidade...
      Beijos,

      RPF

      Excluir