sábado, 9 de junho de 2012

REALIDADE FEROZ


http://youtu.be/h13J2ODD-MA

REALIDADE FEROZ
Seria imperdoável não virar a página,
não tirar as pedras do caminho,
não abrir as portas
para ver o sol...
Ela não estará mais
quando eu souber a verdade
não toda... a minha!
Agora eu vejo o sol,
com medo, mas eu vejo!
...Eu vejo ainda borrado,
manchado... o tempo.
Pessoas passam
e eu me assusto
com a voracidade das bocas,
das mãos e mentes,
mas eu vejo,
ainda borrado e feio,
manchado...
eu me assusto
com a ferocidade de gente.
E eu acho
que na realidade
o cego não sou eu!
Então
construção de uma música
após o dark silencioso da solidão...

Malu Calado

2 comentários:

  1. Obrigada pelo seu carinho, por não deixar morrer a escrita ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Malu!
      Jamais deixarei morrer a escrita...
      Beijos,
      RPF

      Excluir