domingo, 31 de março de 2013

Renascendo das Cinzas (soneto)

Renascendo das Cinzas (soneto)

Rodolfo Pamplona Filho
Como é bom experimentar
a paz e o imenso prazer
de, depois de muito chorar,
no meio das cinzas, renascer...

Se é certo que, após a tempestade,
o sol resplandece mais claro
e que, chegada a maturidade,
o tempo se torna mais caro,

não há melhor sensação
do que se descobrir vivo,
forte, disposto e ativo,

para cantar nova canção
e, tal qual Fênix pulsante,
gozar, da vida, cada instante.

Praia do Forte-Iberostar, 10 de março de 2012.

6 comentários:

  1. Que lindo!! Amei Rodolfo "bom experimentar a paz e o imenso prazer de, depois de muito chorar," é como p SOL DEPOIS DA CHUVA!!

    Parabéns Lindo texto!!, me apaixonei por ele, vou por no meu blog!! rs!! com os créditos claro.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Prontinho!! rsrs!!

    http://claudiacezar.blogspot.com.br/2013/04/renascendo-das-cinzas.html

    ResponderExcluir